PROJECTOS E INVESTIGACAO




Património e História da Indústria dos Mármores


"O CECHAP promove o inventário e o estudo da actividade industrial de extracção e transformação das rochas calcárias e cristalinas em Portugal, particularmente a desenvolvida na designada «Zona dos Mármores», no Alentejo.
A recolha, inventariação e estudo do património e da história desta indústria assume, hoje em dia, uma importância de relevo para a realidade local e para o meio rural, onde uma parte destas indústrias se implantou.
O CECHAP conta com a coordenação científica do IHC - Instituto de História Contemporânea, da FCSH-UNL, e, ainda, com a colaboração do CEHC - Centro de Estudos de História Contemporânea, do ISCTE-IUL, e do CIDEHUS - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora.
projeto PHIM - Património e História da Indústria dos Mármores é cofinanciado pelo QREN, no âmbito Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) ao abrigo do Programa Operacional do Alentejo 2007-2013 – INALENTEJO, sendo a comparticipação financeira FEDER de 139 995,55 €, num investimento total da operação de 199 993,63 €.


 ____________________________________________________






Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz

"O CECHAP promove a Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz, um produto turístico de cariz industrial e patrimonial onde o mármore é o elemento chave.
A conjugação desta matéria-prima com os valores históricos, culturais e patrimoniais dos concelhos de Alandroal, Borba, Estremoz, Sousel e Vila Viçosa - uma das mais antigas e produtivas superfícies de extracção de mármores do nosso país - faz desta região uma excepcional montra do mármore e das suas mais variadas aplicações.
É desafio da Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz promover esta nobre rocha ornamental e os patrimónios a ela associados enquanto produto cultural."


______________________________________

http://www.tpti.eu/en/


O Mestrado Erasmus Mundus TPTI ( Técnicas, Patrimónios e Territórios da Indústria) é um programa de estudos superiores coordenado por um consórcio composto por três universidades europeias: Universidade de Paris I - Panthéon Sorbonne, Universidade de Évora e Universidade de Pádua.
O principal objectivo do curso prende-se com o aprofundamento teórico, metodológico e prático nas áreas da História das Técnicas e na gestão e valorização do Património Cultural, Industrial e paisagístico." 
_______________________


http://www.companytown.net/

"Centrado no fenómeno das vilas operárias da Europa e de outras partes do mundo, este projecto visa o estudo comparativo das diversas experiências contructivas que tiveram lugar deste o séc XVI ao séc. XX, permitindo a criação de diversas ferramentas, com destaque para um atlas Virtual contendo toda a informação e elementos de carácter económico, urbano e arquitéctónico. 

______________________________________


"O Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave foi fundado em 1987 como um projecto de investigação em arqueologia industrial, com o objectivo de estudar o processo de industrialização desta região e contribuir para a preservação do seu património industrial. O Museu desenvolve diversas actividades, tais como visitas guiadas, actividades pedagógicas, exposições, conservação e restauro de equipamentos e maquinaria de interesse arqueológico-industrial, recolha e conservação de documentação histórica, projectos de história oral, edição regular de publicações (catálogos de exposições, um boletim informativo, a revista Arqueologia Industrial, publicada desde 1987 e actualmente a única revista científica que se publica nesta área em Portugal), seminários, conferências e cursos sobre património industrial."
______________________________________



"A Associação do Museu da Ciência e Tecnologia e Arqueologia Industrial da Catalunha nasceu em 1979 para oferecer um Museu de Ciência e Tecnologia, que se tornou uma realidade em 1984. Desde então, o nosso objectivo tem sido o de promover e disseminar o conhecimento da história e da utilidade dos processos técnicos e industriais, criação de ligações com empresas, instituições e indivíduos."

______________________________________




"Criada em 1995, a associação memória industrial  & Património na Provença dedica-se ao estudo e promoção da memória, história e património industrial na Provença. A associação reúne professores da escola primária, professores universitários, industriais (no activo e reformados), em geral, todos aqueles que têm interesse no património industrial e na nova dinâmica industrial do território de Provença."

______________________________________



"A AIA promove o estudo, preservação e divulgação do património industrial da Grã-Bretanha. A Grã-Bretanha foi a primeira nação industrial. A AIA é uma organização nacional de pessoas que compartilham um interesse pelo passado industrial da Grã-Bretanha. As fontes para a investigação são a arquitectura industrial, extracção mineral, herança baseada no turismo, tecnologia de energia, adaptável a reutilização de edifícios industriais e história de transporte são apenas alguns dos temas a ser investigados pelos nossos membros."